Email

prjonataslopes@gmail.com

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Pensamentos

Olhando para a história, os pregadores que mais sabiam das línguas originais foram precisamente aqueles que menos citaram essas palavras no púlpito.
Vemos, principalmente nos pregadores mais jovens, citações do grego ou do hebraico, mas na verdade, tal como eu, pouco ou nada conhecem da língua. 
Precisamos de ter humildade!